Suco com grãos germinados – Saiba como fazer

O suco com grãos germinados é um alimento altamente rico em nutrientes, com diversos benefícios para a saúde. Aprendi a fazer este suco com a pesquisadora da PUC – Rio Ana Branco, que o chama de “Suco da Luz do Sol”.

Como o suco é feito com uma variedade de alimentos crus e germinados, possui uma grande quantidade de vitalidade, nutrientes, micronutrientes e oligoelementos. Todos podem ser absorvidos com facilidade pelo organismo devido a sua biodisponibilidade.

Outra vantagem é que estes alimentos, além de não sobrecarregarem o organismo com toxinas favorecem o funcionamento dos sistemas de digestão e eliminação, contribuindo significativamente para a desintoxicação.

Mas enfim… Como fazer o “Suco da Luz do Sol”?

 

Instruções básicas sobre o preparo

O Suco da Luz do Sol é sempre feito sem adição de água. Todo líquido deve ser extraído diretamente dos alimentos. De maneira geral a orientação é incluir em cada suco uma porção de cada um destes tipos de alimentos:

  • Raízes – cenoura, beterraba, inhame, batata iacon;
  • Legumes – pepino, chuchu, beringela, abobrinha;
  • Frutas – maçã, abacaxi, limão, pêra, uva, melão, manga, mamão;
  • Folhas verdes (preferencialmente escuras) – Couve, espinafre, brócolis, folha de couve-flor, almeirão, rúcula
  • Folhas aromáticas e medicinais – hortelã, salsinha, poejo, guaco, assa peixe, alecrim, quebra pedra, serralha, dente de leão;
  • Grãos germinados – trigo, girassol, aveia, cevada, feijão (Saiba como fazer os grãos germinados)

O procedimento de preparo é simples, bata tudo no liquidificador e coe em um filtro de vual. Para facilitar você pode seguir as receitas (clique aqui e conheça 3 opções). mas tem algumas instruções importantes e algumas dicas que podem te ajudar a preparar o seu suco com mais qualidade.

 

Passo a passo: como fazer o suco com grãos germinados

1º – Corte os ingredientes em pedaços pequenos.

Se você tiver um liquidificador potente não precisa ser tão pequeno assim. Mas se seu liquidificador é um desses simples e baratos vendidos hoje em dia, dedique-se a ajudá-lo picando bem os ingredientes. (dica de quem já quebrou vários destes. Comprei um liquidificador industrial para evitar este problema novamente).

2º – Separe um socador

Separe uma cenoura, um pepino ou algum outro ingrediente comprido para movimentar os pedaços dos ingredientes dentro do liquidificador ou socá-los contra a lâmina caso seja necessário, Depois que já haver uma quantidade de liquido coloque o seu socador para virar suco também. Por favor, não me venha com notícias… mantenha seus dedos longe da lâmina.

3º – Coloque os ingredientes no liquidificador aos poucos

Tente colocar primeiro os alimentos com maior quantidade de água. Isso vai facilitar o trabalho do liquidificador. Em seguida vá adicionando pouco a pouco o restante dos ingredientes. Por último os grãos germinados, as raízes e as folhas.

4º – Coe com o filtro de vual

Depois que estiver tudo bem batido e o líquido estivem homogêneo, coe com o filtro de vual. Torça o filtro com a mão para extrair o máximo de suco possível. Cada gota é preciosa! É importante que seja este filtro e não uma peneira comum pois ele separa melhor as fibras e possibilita a extração de maior quantidade de líquido. Este suco tem uma quantidade muito grande de fibras e o objetivo com ele não é propriamente a ingestão delas. A proposta é facilitar o processo de absorção dos nutrientes que já estarão completamente disponíveis para isso no suco. A fibra neste caso irá atrapalhar este processo. Deixe para ingeri-las em outras refeições.

 

Considerações muito importantes

1- Usar as cascas e talos

A maior parte dos nutrientes dos alimentos encontram-se em suas cascas e talos. Há uma forte cultura de se tirar estas partes dos alimentos. As vezes por eles dificultarem a digestão por sua quantidade de fibras e outras vezes por pura ignorância do fato de que estas partes são comestíveis e nutritivas.

Como as fibras serão filtradas, somente os nutrientes serão ingeridos. Por isso, é muito importante inserir todos os alimentos com suas cascas e talos para obter o máximo de aproveitamento dos nutrientes.

2- Usar alimentos orgânicos

Alimentos orgânicos são cultivados com um solo equilibrado e rico em nutrientes. Isso faz com que os alimentos também possuam uma quantidade muito maior e mais equilibrada deles. Além disso não são contaminados por agrotóxicos e outros produtos químicos sintéticos que comprovadamente são potencializadores e causadores de diversas doenças que causam morte em massa na sociedade civilizada. Muitos fatores estão envolvidos com a produção industrial de alimentos e não é objetivo deste artigo mencionar todos eles, mas é importante ter a consciência que eles existem e dar preferência aos alimentos orgânicos.

3- Utilize apenas o líquido dos alimentos e evite colocar água

Quanto mais concentrado for o suco maior será o seu potencial nutritivo. Se você tomar 1 copo cheio de suco misturado com água, com certeza estará ingerindo menos nutrientes do que se ingerir 1 copo de suco batido apenas com a água dos alimentos. Colocaremos mais quantidade de alimentos para obter a mesma quantidade de suco. Desta forma teremos um alimento muito mais nutritivo.

4- Usar apenas o açúcar dos alimentos

O açúcar é um alimento extremamente acidificante do organismo. Possui um efeito viciante que muitos pesquisadores comparam ao vício de drogas pesadas como cocaína, heroína, entre outras. Eu particularmente não afirmo que isso é um exagero pois as poucas vezes que consegui ficar sem açúcar, senti na pele as fortes reações como ansiedade, compulsividade, depressão entre outras. A dependência do açúcar está muito associada a falta de proteína no organismo. O suco da luz do sol é um excelente remédio pois é rico em proteínas de fácil absorção provenientes principalmente das folhas verdes e grãos germinados. Por experiência própria, posso dizer que ele ajuda a diminuir consideravelmente esta necessidade do consumo do açúcar sem o sofrimento citado acima.

 

Dicas que facilitarão o preparo do seu suco e ampliarão sua qualidade de vida.

  • Use sempre ao menos 1 limão no suco. O limão ajuda a absorção de ferro e outros nutrientes, alcaliniza o ph do sangue, auxilia muito no processo de desintoxicação. É um alimento “coringa” que tem inúmeros benefícios. Inclusive sua casca pode ser utilizada em pequenas doses (em média 1/5 da casca de um limão por suco). Procure inserir ao menos um limão em seus sucos.
  • Use frutas doces que ajudarão a adoçar de forma natural e saudável o seu suco. Maçã, pêra, melão, manga, abacaxi (bem docinho) são bons exemplos. As crianças costumam apreciar mais o suco quando eles são feitos com essas frutas em quantidade considerável. A quantidade dependerá de seu gosto pessoal. Faça de vários formas e aprenda com a própria experiência.
  • Alguns alimentos germinados e crus possuem sabor bastante acentuado. Você pode não gostar de alguns deles. Isso não deve ser empecilho para utilizá-los em seu suco. Aprenda a dose adequada de cada um deles. Mesmo que seja pouco, eles poderão fazer muito bem para seu corpo sem prejudicar o sabor do suco.
  • Composte os seus resíduos orgânicos. Utilize as fibras que foram separadas de seu suco, junto com outros resíduos orgânicos e cultive seus próprios alimentos. Monte uma horta e veja o ciclo da alimentação se completando.

Clique aqui e conheça 3 receitas de suco vivo.

Já fez seu suco? Conte o que achou nos comentários.

Vida Porã

 

Rua Prof. Marcos Cardoso Filho, 820, Sala 5

Córrego Grande, Florianópolis, SC

Telefone: (48) 99147-4109

Entrar em contato por email

Log in